sábado, março 31

Doce Sábado


Nada melhor que uma ensolarada tarde de sábado pra passear! Contar as histórias da semanas, rir das situações engraçadas, fazer 1001 planos pro futuro e no final se acabar de comer CHOCOLATEEE \o/

quarta-feira, março 28

Doces semanas # 2

Sabe aqueles dias em que você quer fazer tudo de uma só vez?! Sei lá, as vezes pensamos que o relógio para quando precisamos cumprir tudo que planejamos. 
Se é aquele livro que deixamos  pra depois, se é aquele passeio que adiamos, se é aquela tal dedicação que deixamos pra mais tarde, sabe aquela hora que você diz: não, agora vai!
Aí, quando caímos com os pés na realidade e não conseguimos cumprir tudo ou uma grande parte daquilo que planejamos, nos encontramos naquela famosa crise de consciência.

Foi isso que me aconteceu essa semana; depois de ter passado dias doente, as coisas meio que sobrecarregaram, e não consegui cumprir todas, me deixou com uma enorme crise de consciência. Talvez pelo fato de cobrar e exigir muito de si.
Ontem, meu marido me convidou pra jantar e esquecermos um poucos dos problemas, bem no meio da semana, não é que me fez um bem danado! 
Aproveitamos para comer nossas comidinhas favoritas, conversar bastante e relaxar; fazia tempo que não escapávamos assim da rotina.
segunda-feira, março 26

Orgulho e preconceito

Esse foi um dos poucos livros que me encantou logo de cara, e fez-me apaixonar por  Jane Austen. 
O livro se passa na Inglaterra 1797, e mostra como a chegada de um jovem vizinho rico muda a rotina da família Bennet.
Sra. Bennet logo de cara se interessa pela novidade, vendo que pode casar bem uma das suas cinco filhas, logo que descobre que eles estão alugando a casa mais luxuosa da região.
No baile, onde quem frequenta são os simples moradores da região, chega a rica família Bingley, composta por Mr. Bingley e as irmãs, também acompanhados por um amigo, Mr. Darcy .
Sra. Bennet, logo arruma um jeito de apresentar-se a família, principalmente Jane Bennet, que segundo a mãe é a mais linda das irmãs, Mr. Bingley de fato se encanta por Jane e passa a corteja-la durante todo o baile. Porém, o mesmo não acontece com Elisabeth que é ignorada por Mr. Darcy e o detesta logo de primeira vez.
O livro prossegue contando os encontros e desencontros, junto com uma série de maus entendidos ente o casal Elisabeth e Darcy, com o preconceito dela e o orgulho dele, o livro vai nos mostrar como as diferenças sociais eram distanciadoras pra quem queria viver um grande amor. 
O livro tem um desfecho muito interessante e muda nosso conceito de primeira impressão, nem tudo é como parece.
Vale a pena ler esse clássico da literatura inglesa! 

Também tem a opção filme, a foto do mais recente, lançado em 2005:

Elisabeth e Darcy - Adoro essa foto 

Mélodie #1


Eu já contei pra vocês que quando gosto de uma musica eu a escuto trilhões de vezes?
Pois é, eu tenho um gosto muito particular sobre musicas, nada que siga um único gênero e nada que eu consiga explicar exatamente, mas acho que são músicas que me tocam de alguma forma ou me remetem há algum tipo de lembrança ou estado de espírito.
Então, aqui vai uma musica que estou ouvindo muito essa semana;

Ela me acalma e tranquiliza nos momentos que estou preocupada com alguma coisa. Espero que gostem!




terça-feira, março 20

Doces semanas # 1

Aqui estou eu exatamente às 19:54 morrendo de febre e com um batalhão de coisas pra fazer.
Mil e um livros acumulados pra ler, trabalhos pra entregar na faculdade, tarefas domésticas pra cumprir e eu doente, imagina?! Pois é, a vida seria mais fácil se fossemos de aço.
No meio da semana passada comecei a me sentir mal, com suaves dores desconfortantes no corpo e algumas dores de cabeça. E cá pensei: ora, deve ser mais uma virose! 
Mas, o tempo ia passando e nada do desconforto passar, no sábado á tarde acordei normalmente e fui tomar banho, quando sai do banho, comecei a sentir dores nos ossos,  nas articulações, na cabeça, três vezes mais forte que as que eu estava sentindo há uma semana atrás, mas tudo tão de repente que até me assustei.
Logo, imaginei que fosse de fato uma virose e que naquele momento tinha me atingido de vez.
Tomei remédio pra baixar a febre e dores no corpo, mas assim que passava o efeito do remédio o mal-estar voltava outra vez. 
E assim, prossegui todo o fim de semana. Acordei na segunda do mesmo jeito e  hoje terça, comecei a notar pequenas manchas vermelhas na pele.  Foi aí então, que percebi que não estava com uma simples virose e sim com dengue. 
Já estou sendo medicada, felizmente o remédio ajuda muito com os sintomas, o que incomoda mesmo são as dores no corpo e a moleza, e as febres que vem e vão constantemente.
Contudo, a faculdade só aceita atestado de doença infectocontagiosa, ou seja,  mesmo doente preciso marcar presença nas aulas pra não ser reprovada por falta, e ainda tenho que ouvir de professor (é porque foi apenas um) não posso fazer nada por você, ahhh vá! Enquanto que, os outros, com tamanha HUMANIDADE me mandaram repousar até tudo se normalizar, e que eu não me preocupasse com as faltas.
Enfim, aqui estou eu tendo que me virar sozinha (pois aqui só moramos eu e o marido) e esperando tudo isso se normalizar pra que as coisas possam voltar ao normal.
sábado, março 17

Imagination


Eu li um livro de uma escritora americana chamada Sandra Anne Taylor, que enfatizava esse método de estar além, de querer algo, mas não só querer, se ver ali, sentir ali e respirar como se estivesse ali.
É engraçado como tudo flui quando embarcamos no mundo imaginário, como em situações de puro stress é possível estar em outro plano, um plano que você realmente gostaria de estar aquele momento.
A imaginação é algo tão esculpidor, que é possível desenhar-se de várias formas, é mágico embarcar nas viagens que ela pode nos propor.
Essa técnica pode ser usada em inúmeros casos, segundo a autora, quanto mais riquezas de detalhes você colocar naquela imagem (como por exemplo: com quem estou, onde estou, com que roupa estamos, comendo o que, falando sobre o que), mas o seu cérebro irá entender aquilo como algo real, isso porque segundo Anne, o nosso cérebro não consegue distinguir entre acontecimentos presentes e lembranças, tampouco vê diferenças entre o que é vividamente imaginado e o que é real, resumindo você precisa ver exatamente aquilo que quer criar. 
Você pode usar a técnica com uma imagem, um micro-filme na sua mente ou até mesmo um desenho, uma colagem; o importante é que quando você se colocar naquela situação se desligue do mundo e sinta aquela situação com toda a intensidade de detalhes.
Existem algumas situações que me fazem sair da realidade e imaginar além, faço isso com países que nunca fui, as vezes me imagino tomando um café em Paris, as vezes estou em Londres andando pelas ruelas, as vezes chego até sentir meu nariz gélido por causa do frio, as vezes me vejo numa situação em família daqui a uns anos, com filhos em volta da mesa e risos soltos. boba né! 
Mas é isso que me dá força de acordar todos os dias e de lutar, são por esses sonhos e mais, que vivo em constante busca, mas não esquecendo-me do quanto eu já sou feliz hoje, do quanto posso sentir-se plena da realidade. Mas, vale ressaltar, que toda a felicidade que vivo hoje, imaginei um dia!
domingo, março 11

Tempo? que tempo?

Oi meninas, no momento estou sobrecarregada de livros e trabalhos na faculdade. Mas, assim que tudo se normalizar, creio que no próximo final de semana, voltarei a postar;
Um grande beijo a todas!
terça-feira, março 6

10 coisas aleatórias sobre mim

Pra nos conhecermos melhor!


1 - Adoro os dias frios

2 - Sou viciada em café forte

3 - Tenho 2 filhos de estimação Freud e Mabel

4 - Adoro ler livros que me fazem viajar no tempo

5 - Sou tagarela confessa

6 - Meu apelido é Mel, por causa da cor dos meus olhos

7 - Toco piano desde os 7 anos de idade

8 - Adoro cozinhar e comer comidas de diferentes países

9 - Quando gosto de uma música a escuto trocentas vezes

10 - Adoro tudo que se remete a Paris e a Londres 

Então meninas, é isso! Espero vocês fazerem o mesmo no blog de vocês, para nos conhecermos melhor. Não esqueçam de me avisar!


domingo, março 4

Memories

Hoje tive uma feliz surpresa, ao organizar alguns livros que estavam encaixotados.  
Estava mostrando ao meu marido alguns livros que gostava de estudar e ao ver a última página de uma antiga gramática, vi algumas palavras escritas que diziam assim: 

Embora já tenha conhecido um pouco de tudo. Não me canso de me surpreender com a vida, e de como Deus está sendo bom comigo.
Apesar das desilusões, risos nas noites
Apesar das guerras, vitórias nas batalhas  
Apesar da saudade, me contento com a lembrança
Sonhos vem, sonhos vão, mas o que fica aqui no meu peito é o desejo de estar perto de você. Por que és um sonho pra mim! 
O VERDADEIRO SONHO PREVALECERÁ
Deve ter sido algum rabisco de última pagina, mas que expressou muito bem o que eu estava sentindo naquele momento.
Isso me lembrou de certos sonhos adolescentes, que queríamos acima de tudo e ao vivenciar a dura realidade, pensamos que nada que sonhamos ou queremos pode se concretizar. 
Mas, a verdade é que o verdadeiro prevalece, ou seja, o que  tem que ser seu, vai ser seu.
Hoje, percebo que nada me faria mais feliz e que tudo se encaixa perfeitamente na minha realidade.
Boas lembranças!
Depois tirei uma foto do pôr do sol de domingo, olha que lindo!

sábado, março 3

Nail - Mania de nude

Hoje vim mostrar pra vocês um esmalte que estou amando nesse mês de fevereiro: é o Crochê da Impala.
Eu adoro tons nude, já que prefiro cores mais discretas principalmente nas unhas. 
Esse se encaixa bem na minha coleção, pode parecer muito forte na foto, mas ele é um marrom bem lama, muito lindo!
A textura dele é bem levinha, passo sempre duas camadas, e quanto a duração, acredito que seja média.
Levo sempre o esmalte que estou usando na necessaire, caso ele descasque aqui ou ali, é só retocar.
                                                                                                      

Estou adorando! E vocês o que acharam? 
sexta-feira, março 2

Passei no vestibular


Valeu a pena, tantas noites em claro, tanto empenho e esperar por esse momento.
Momento este que ousei sonhar diante a vida, mas com tanto amor, fé e esperança, ousei continuar.
Infelizmente a vida não é vantajosa com todos, poucos sabem dar o devido valor ao que se tem, e a vida me ensinou a valorizar tudo que tenho, e tudo que conquisto apenas com meu esforço, sem incentivo, sem força, sem exemplos, apenas eu.
Confesso que houve momentos em que pensei em desistir, momentos que quis fugir e abandonar tudo, mas algo dentro de mim era mais forte. Nesses dois anos de tentativa, e 1 delas tendo que sofrer com um fracasso de um "quase", pude ver o quão feliz é realizar um sonho.
Me lembro de sonhos que tive, e de alguns até rirem ao achar que aqui faltava algum tipo de sanidade ou até de vontade. Me lembro também de desejos perdidos, desejos que nunca se concretizaram, mas que ao pensar hoje, vejo que foi melhor tê-los perdido mesmo. 
Hoje, posso dizer que me sinto realizada, não só por está fazendo o que sempre sonhei fazer, mas por todos os meus esforços terem valido a pena. Sei que é apenas um começo, tenho muito a conquistar, a vida está apenas começando.
Obrigado a todos os amigos e aos familiares que torceram por mim, me deram força e apoio.

E a vocês meninas do blog, gostaria de dizer que foram esses acontecimentos que me afastaram um pouco do blog, e que a quantidade de post por dia vai diminuir, mas que vou continuar por qui, postando e acompanhando o blog de vocês, por que amo tudo isso aqui! 
Como vocês puderam ver o blog deu uma mudada,  o que estão achando? Eu achei que ficou mais parecido comigo, mas ainda tem uns ajustes a se fazer, se quiserem deixar alguma sugestão de mudança pode colocar nos comentários que estarei reajustando por esses dias.

Um enorme beijos a todos! 
quinta-feira, março 1

Novo layout e novidades

Oi meninas há quanto tempo eu não venho por aki né!
Tenho sentido a falta de vocês, mas nos últimos  dias aconteceram muitooooos acontecimentos na minha vida.
Mas, hoje especialmente vim inaugurar meu novo layout, tirei o antigo por que eu não estava me identificando com ele, sabe aquela coisa que não parece com você?
Bem, esse é mas parecido comigo, mas sempre que achar que ta ficando fora a minha personalidade irei mudando, afinal nosso blog é o nosso cantinho, né verdade?!
Enfim, espero que gostem e amanhã virei explicando os novos acontecimentos pra vocês e pondo tudo em ordem por aqui.
Um grande Beijo!