terça-feira, julho 3

Mulheres que me inspiram - Florence Nightingale #1


Resolvi criar essa série porque adoraria escrever sobre mulheres que inspiram de alguma forma a minha vida, e é sempre um prazer pesquisar sobre elas e dedicar esse tempinho pra mostrar o quanto elas contribuíram de alguma forma para o enriquecimento da sociedade.
Hoje, pra iniciar essa nova série aqui no blog, resolvi começar por Florence Nightingale, sei que muitos não a conhecem, mas especificamente muitos do ramo da enfermagem a conhecem pelo fato de que ela deu origem aos cuidados dos doentes com métodos biomédicos, ou seja Nightingale lançou as bases da enfermagem profissional com a criação de uma escola em 1860, tendo contribuído grandemente para esse ramo, até hoje o dia internacional da enfermagem é comemorado  no dia do seu aniversário.
Florence vivia em Londres e era de família rica, tinha um gosto especial pelos estudos e pelos assuntos sociais, enquanto que naquela época as mulheres apenas tratavam de bordados e tricos, Florence pensava em assuntos externos fruto da sua educação alimentada pelo pai, que  tinha gosto especial pela matemática. Ela herdara o mesmo gosto do pai, tendo estudado matemática e livros gregos, coisa que não era apropriado para mulheres da época.
No inicio dos anos 1850 iniciou seu treinamento como enfermeira do Instituto São Vicente de Paula em Alexandria, Egito, que era um hospital da igreja Católica Romana. Em julho de 1850 ela visitou os hospital Pastor Theodor Flidner em Kaiserwerth, perto de Dussledorf. Ela retornou a Kaiserwerth, em 1851, para fazer um treinamento de três meses no Instituto para Diaconesas Protestantes e da Alemanha ela seguiu para o hospital St. Germain, próximo de Paris, que era dirigido pelas Irmãs da Piedade. Ao retornar a Londres, em 1853, aceitou o cargo, sem pagamento, de Superintendente no "Estabelecimentos para Senhoras Enfermas" no número um da rua Harley. Durante esta época a enfermagem não era tido como uma profissão apropriada para uma moça bem educada. As enfermeiras desta época além de não ter treinamento tinham a reputação de serem vulgares, ignorantes e dadas a promiscuidade e bebedeiras.
 Em março de 1854 iniciou a guerra da Criméia, com a Inglaterra, França e Turquia declarando guerra a Rússia. Embora os Russos tenham sido derrotados na batalha de Alma River, em 20 de setembro de 1854, o jornal The Times criticou as instalações hospitalares britânicas. Em resposta as estas críticas, seu amigo Sidney Herbert, Secretário Britânico para a Guerra, solicitou, por carta, que Florence se tornasse uma enfermeira administradora para supervisionar a introdução de enfermeiras nos hospitais militares.
 Em 1860, a Escola de Treinamento Nightingale e a Casa das Enfermeiras baseadas no hospital St. Thomas em Londres, tiveram início com 10 estudantes. Elas foram financiadas pelo Fundos Nightingale, um fundo de contribuições públicas formado durante o tempo em que esteve na Criméia onde arrecadou um total de £50000. As instituições foram baseadas em dois princípios. Primeiro que as enfermeiras deveriam ter treinamento prático em hospitais especialmente organizados para este fim. Segundo que as enfermeiras deveriam viver em uma casa baseada em princípios morais e de disciplina. Devido a fundação desta escola Nightingale conseguiu com que a enfermagem passasse de um passado desprestigiado para uma carreira responsável e respeitável para mulheres. 
 Florence Nightingale acreditava profundamente que o seu trabalho foi um chamado de Deus, tendo passado o resto de sua vida trabalhando em prol da saúde. 
Nightingale faleceu em 13 de agosto de 1910 aos 90 anos de idade. Ela foi enterrada na Igreja St. Margaret, East Wellow, nunca casou não por falta de oportunidade, mas ela acreditava que Deus havia lhe mostrado que ela seria uma mulher solteira.
Quando me lembro de generosidade apenas vem ela em minha cabeça, pelo fato de abrir mão do ter, para dar, a inteligência, os serviços prestados e revolucionar coisas que até então andavam sem sentido pelo simples fato da forma homogênia de pensar. 
Não sou enfermeira, mas com certeza Florence me inspira muito.

Bibliográfia http://www.pucrs.br
                  http://pt.wikipedia.org/wiki/Florence_Nightingale
                  http://historiadalousa.blogspot.com.br

1 comentários:

ola te vi no clube da maquiagem to te seguindo com twitter me siga também bj http://unhasbeautiful.blogspot.com.br/

Postar um comentário