terça-feira, fevereiro 21

Dos meus olhos pra fora


Algo me inquieta aqui dentro, as miragens que vejo no profundo dos pensamento me inspiram.
Voar, ir além do que o horizonte nos mostra, nos superarmos diante de nós mesmos.
É engraçado como com nossos olhos podemos nos colocar nos mais perfeitos lugares e sentir o mais perfeito sentimento, ao mesmo tempo em que pessoas que estão tão perto de nós não conseguem enxergar o quão belo é onde estamos.
Contamos nossas vidas, nossos sonhos e o quanto somos felizes, e eles nos olham no profundo dos olhos tentando retirar dali alguma insanidade que infelizmente pra eles, não existe! 
Eles até tentam ir em busca desse sentimento, mas recuam no primeiro tropeço. 
E não sinto vergonha de dizer que sou a mais boba sonhadora de todos os tempos e vejo o quanto foi bom não ouvir certos conselhos quando criança, quando me diziam que eu era uma ilusionista da vida.
Hoje, eu sei que foram as minhas bobas ilusões que me fizeram suportar meus momentos de solidão, foram essas ilusões que me inspiraram a ser alguém melhor, alguém que busca a paz e o amor interior. 
Sim , por que isso é possível! 
E dai que todas as letras do alfabeto dizem ao contrário, VIVA diante a sua verdade, ame quem te odeia, seja amigo do seu inimigo, fale bem de quem não é recíproco, por que geralmente a LUZ é incomoda aos olhos, e você irá irradiar essa luz, amor, paz e esperança.
Seja amigo de você mesmo, pois não é sempre que temos alguém ao nosso lado para nos compreender.
É fácil ser feliz, mas que pena que alguns morrerão sem ao menos sentir um pouco do quão magnifico é.