domingo, maio 27

Dotes soteropolitanos

Da última vez que estive em Salvador, tive a oportunidade de apreciar a verdadeira comida baiana, aquela caseira mesmo, aproveitei pra anotar as receitas que comi por lá, e gente sinceramente é de comer de olhos fechados.
Dentre as delícias que provei por lá: acarajé, manjar de coco, feijoada branca, pimenta(vinagrete), aprendi a fazer uma moqueca de peixe literalmente baiana com arroz de coco, e vou passar pra vocês. Anotem aí:

Moqueca de peixe 
  • 4 postas de cação ou garoupa (700 gramas)
  • Suco de 1 limão
  • 1 cebola grande cortada em rodelas
  • 1 pimentão vermelho cortado em rodelas
  • 1 pimentão verde cortado em rodelas
  • 2 tomates maduros cortados em rodelas
  • 2 colheres (sopa) de coentro picado
  • 200 ml de leite de coco
  • 1 colher (sopa) de azeite-de-dendê
  • 2 tabletes de caldo de camarão 
  1. Lave bem o peixe, regue-o com o suco de limão e deixe tomar gosto por cerca de 1 hora
  2. Numa panela grande arrume o peixe, a cebola, os pimentões e os tomates
  3. Polvilhe o coentro
  4. Esfarele os tabletes de caldo de camarão, misture-os ao leite de coco e regue o peixe
  5. Leve ao fogo baixo, com a panela parcialmente tampada, por 20 minutos
  6. De vez em quando mexa com cuidado (para não quebrar o peixe)
  7. Junte o azeite-de-dendê, prove os temperos e adicione sal, se preciso
  8. Retire do fogo e sirva 
          Arroz de coco

Xícaras de arroz tipo 1
6 colheres de sopa de óleo de milho
2 colheres de sopa de cebola ralada
200 ml de leite de coco
2 colheres de sal
4 colheres de sopa de coco ralado

Lave bem o arroz em água corrente, escorra e deixe secar.
Em uma panela, refogue a cebola no óleo até ficar levemente dourada. Acrescente o arroz e refogue até começar a dourar e secar.
Junte 3 xícaras de água morna e o leite de coco o sal e o coco ralado e levante o fogo. Quando a água começar a ferver, diminua o fogo e mantenha a panela semi-tampada até quase secar a água. No final, tampe por 5 minutos, desligue o fogo e deixe descansar por mais 20 minutos antes de servir para que o arroz seque completamente e fique soltinho.

Elas servem o peixe com o pirão do caldo do peixe, e com um "vinagrete" que elas chamam de pimenta: cebola, tomate, coentro, pimentão, bem picadinho com vinagre branco e pimenta malagueta, uma delícia, mas pra quem não é acostumado, a coisa pega, rs.
Com essa receita dá até pra sentir um pouquinho o calor de Salvador!