segunda-feira, setembro 10

Sonhos perdidos + Esperanças


Assistindo a um filme esses dias, lembrei-me da triste sensação dos sonhos perdidos. Sabe aqueles sonhos que você sempre quer realizar, mas que sempre se retardam por alguma razão.Triste seria acordar e ver que o tempo passou e 'tudo não aconteceu'.
 Você ainda está lá, com seus sonhos perdidos, suas esperanças falsas guardadas dentro de um baú velho, suas fotos e suas lembranças do que poderia ter sido. Aí, você algum dia lembra de tudo que quis, abre o baú das recordações e nada está lá, só ilusões falsas do que poderia ter sido e não foi.
Porque as vezes, complicamos tudo, achamos que o tempo nunca vai passar, que nunca iremos ficar velhos e simplesmente tratamos a vida como um espetáculo, olhando da platéia tudo que acontece conosco pelo simples fato de nos omitirmos diante de nós mesmos.
Temos medo de encarar de frente nossos próprios medos e fracassos, temos medo da verdade, da realidade.
Mas, seria bom lembrarmos que a vida é a ótica do que acreditamos, poderíamos fazer de conta que somos cinegrafistas de nós mesmo, e a partir daí, filmarmos tudo com nossa visão de tudo.
Eu acredito que é possível sonhar sem os pés no chão, que não é necessário ser o que tudo mundo é ou fazer o que todos fazem.
É possível enxergar tudo com a sua visão, não é preciso acreditar em tudo que existe, acredite no que você quer acreditar, por que não? 
Só desejo que não exista sonhos perdidos, que tudo se realize da melhor forma possível, e que seja lindo, lindo como tudo que acredito, lindo como a vida, porque ela é, ué, basta acreditar!