quinta-feira, setembro 20

Chocolate



Chocolate é um livro escrito por Joanne Harris que foi gravado em 2000. Tudo começa quando a misteriosa Vianne viaja para a pacata cidade francesa Lansquenet, onde nada mudou com o passar dos tempos.
Para ganhar a vida , Vianne abre uma chocolateria, sua especialidade, repleta de irresistiveis tentações, com a qual começa a despertar o interesse dos moradores conservadores da pacata cidade.
Como mágica, Vianne passa a desenvolver a receita certa para cada pessoa, transformando sua vida triste e sem graça num delicioso e saboroso tônico de vida.
Logo, Vianne passa a despertar inimigos, os que acham que sua chocolataria é imoral aos conceitos da cidade.
Entretanto, eles não esperam que essa saborosa aventura mudará para sempre suas vidas. 


Chocolate é um filme maravilhoso, capaz de criar água na boca através de suas imagens maravilhosas. Ele nos desperta para opiniões de velhos padrões que a sociedade nos insiste em vincular toda hora.
O interessante desse filme, é que você sente-se tão amargo de viver em velhos conceitos, presos em casulos prontos esperando tudo acontecer da mesma forma. Realmente, o chocolate traz sabor a vida daquelas pessoas, seja num casamento fracassado ou pra uma velha à beira da morte por diabetes, se acabando de tomar chocolate porque aquilo lhe valerá seus últimos instantes de felicidade.
Ele nos faz pensar sobre o que vale a pena insistir e o que vale a pena mudar, na minha opinião um filme que além de saboroso me faz uma reflexão de tudo.
Também, vale a pena se encantar com as cenas da bela cidade Flavigny-sur-Ozerain, uma cidade francesa que se encontra da mesma forma de quando o filme foi gravado, vai uma dica aí pros amantes da França assim como eu.
Vocês devem ter percebido que adoro filmes antigos, pois bem, são filmes que realmente paro pra ver e entender a essência, além de adorar assistir, adoro refletir sobre eles e escrever também, sinto que coloco um pouco do meu ponto de vista nas entrelinhas do filme.
Esse é um dos meus filmes/livros favoritos, vale a pena ler ou assistir e se encantar assim como eu!