segunda-feira, dezembro 10

Um poema para mim

Fiquei tão feliz quando meu amigo Luiz do blog Atuação Lírica, que também é meu colega da faculdade, disse que ia fazer um poema pra mim, vocês podem até imaginar minha emoção. Pois bem, assim ele fez, e confesso que quando li fiquei encantada de como ele soube unir as palavras numa comunhão de sentidos.
Então, abaixo o poema que ele intitulou de "Cor de Mel".



Na natureza observo o verde, que nos incita a preservar nossa relação de boa vivência, do amarelo se extrai o ouro e o calor da estrela-sol que aquece nossos corações. Em observância ao espectro do arco, enxergo o brilho de tua íris, que me leva a estabelecer mais relações de grupos de cores do meu bem-querer. Do azul se faz o oceano com tons de vermelho, cor de nossa paixão; o mar tem assimetria próxima com o amar, porém toda a inspiração vem mesmo de seu olhar Cor de Mel, com doçura, fineza e encanto; requintes que me inspiram a ti versejar.