quarta-feira, fevereiro 26

Casa vintage# Decoração

 Quando você está pensando em construir sua casa é um momento delicioso, você sonha com aquele cantinho que seja exatamente do jeito que você sempre sonhou, você imagina até os mínimos detalhes, como eu já me peguei imaginando como seria a privada ideal hahah, são essas coisas que fazem a vida ter um sabor especial. Eu vivo procurando um estilo ideal pra minha casa, se rústico, moderno, misturado, vintage, oh dúvida! Esses dias encontrei essa casa vintage completamente reformada, mas sem perder o charme original. Me encantei de como eles conseguiram manter ela como se fosse antigamente mesmo, pior  coisa é uma casa com cara de velharia , além disso, conseguiram manter coisas antigas com um estilo clean e moderno. Essa era minha casa em outra vida #pirei. Literalmente apaixonada por essa casa!
Eu nasci em 1989, mas tenho certeza que nasci na época errada risos.


sábado, fevereiro 22

Soltando as amarras


                                              

Quantas vezes já nos pegamos preso a situações, a pessoas, ao trabalho, preso naquela zona de conforto, com medo de sair de tudo que nos conforta, com base nisso não ousamos em nossa vida, não arriscamos por medo.
Mas, quando é possível sair do porto seguro e navegar pelos altos mares, se descobre um horizonte interminável de oportunidades.  Você não sabe que força está te levando até lá , pois o medo existe, mas você aprende a lidar com ele, é importante que a coragem seja maior que o medo, a vontade de viver, e viver feliz te move dentro do inesperado.
Chega uma hora que você olha pra trás e não acredita onde está, e você percebe que se tivesse continuado naquela zona de conforto nada aconteceria. Porque um dia vamos estar velhos e vamos nos arrepender das coisas que queríamos fazer e não fizemos por medo de ousar.
Ousar é preciso, arriscar é preciso, libertar-se é preciso. Você só vai descobrir se dá certo se tentar, por isso deixe o medo de lado e solte as amarras que te prende.

sexta-feira, fevereiro 14

Olhando duas vezes

Quando se quer algo, você busca pra alcança-lo, mas nem tudo está nas nossas mãos. Há coisas que não está no seu controle e isto te paralisa, você se sente impotente, vazio, seco. Nessas horas, você olha em volta e parece que estão todos felizes, e você se vê ali sem forças para continuar, aos poucos a fé vai indo embora, a esperança vai diminuindo, vai chegando o desespero, a vontade de sumir e você questiona a Deus qual é o sentido de tudo.
Mas então, você se depara com uma situação complicada, mas não é você, é um amigo que está passando por um problema maior e pior que o seu. Então você fica triste, e tenta ao menos se por no lugar dele e percebe que o seu problema  não é nada diante o que o outro está passando.
Certa noite, ao ler uma artigo sobre obstáculos enfrentado por uma amiga, comecei a enxergar tudo de uma forma diferente. Ás vezes achamos que não temos o suficiente em nossas vidas, nos escravizamos por um sentimento de falta que se torna impossível se sentir feliz pelo que se tem. Achamos no outro uma realização tão simples e fácil e passamos a julgar nossa vida fracassada. Acreditamos que o outro é senhor de todas as bençãos e passamos a condenar Deus pela nossa falta de fé, passamos a nos sentir inferior, sem esperança.
Mas, a realidade é que você não conhece a dificuldade das outras pessoas que talvez tenham problemas maiores ou talvez piores que o seu. Só Deus é capaz de ver o que acontece no coração de cada um. Muitas vezes vemos pessoas sorrindo, mas você não sabe o que há por trás daquele sorriso, pedimos a Deus que nos dê isso e aquilo, mas muitas vezes já somos felizes e realizados e só o que não fazemos é olhar em volta e perceber o quanto Deus já nos abençoou.O quanto que somos felizes na nossa vida, com nossa  família, nosso trabalho.
 Há um tempo determinado para todas as coisas e com certeza seu tempo vai chegar não importa quando, acredite!